sexta-feira, 23 de outubro de 2009

CARNIDE E A HISTÓRIA 1

Carnide tem 4,02 km² de área e 21 097 habitantes (2001). Densidade: 5 251,9 hab/km². o portal da junta de Freguesia é http://www.jf-carnide.pt/ , coabitamos com 2 bairros sociais o Bairro Padre Cruz e o bairro da Horta Nova ,bairros esses com fama de perigosos e a evitar mas na maioria gente humilde a exemplo disso É o Presidente da Junta Sr Paulo Quaresma que é oriundo do Bairro Padre Cruz.
Existe ainda o cemitério de Carnide que constitui o primeiro cemitério-jardim da cidade de Lisboa e o único construído pela CML no século XX (Inaugurado em Janeiro de 1996). È engraçado que agora nesses mesmos terrenos existam dois cemitérios que coabitam paredes-meias e em harmonia, que são: O cemitério de Carnide que desde Janeiro de 2004 não são efectuados enterros devido a problemas de construção e um cemitério de carros abandonados apelidado de parque das viaturas apreendidas pela PSP e abandonadas na cidade de Lisboa. Parque esse que está a ocupar a zona que era destinada à expansão do cemitério
Obra vergonhosa para a nossa Capital já que tanto um so como o outro não serve a comunidade da melhor maneira, o cemitério de Carnide. Foi Adjudicado, em 1991, era então presidente Jorge Sampaio, à empresa Mota & Companhia por 5 milhões e meio de euros, e seria terminado muito depois do prazo previsto e pelo dobro do valor da adjudicação
Não tem utilidade para o fim a que foi destinado e encontra-se no seu quase total abandono.
Mas o mais engraçado é que este foi o único cemitério que foi construído na Capital no século 20 e mesmo assim não aproveitando a tecnologia e os saberes para a não existência ou a quase ausência de erros, já que segundo os populares na altura da sua construção diziam que não era possível a construção nesse local porque na altura existiam muitas hortas com poços pois o local era propício a esse fim e não á decomposição dos corpos.
A Câmara tinha o conhecimento que os terrenos eram impróprios, tal como o construtor que na altura se comprometeu a transferir para o local terrenos mais arenosos provenientes da zona de Almada, a fim de tornar mais poroso a mistura da terra e assim facilitar o trabalho da mesma
O nosso codominio está situado nas antigas instalações da Ceramica de Carnide , que era uma fábrica do tijolo.

Existe um musica chamada Cerâmica de Carnide (marcha de Carnide) com letra: José Araújo; música: João Massano Pereira; intérpetação de Piedade Fernandes.
Ao nosso redor existiam muitas hortas e ainda se consegue ver uma ou outra a coabitar connosco por isso para bem dos lisboetas que tinham imigrado das suas aldeias para a capital poderiam agora fazer uso da enxada e retomar às suas origens vestígios do seu passado rural.
O Arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles é um dos principais defensores da importância da agricultura urbana, e da sua importância em muitas cidades e defendido em relatórios da FAO Food and Agriculture Organization of the United Nations: “ Organização para a Alimentação e Agricultura “ que suportam estas ideias.e a defendem e a definem como destinada à produção de cultivo para ser utilizado para consumo próprio ou para a venda em pequena escala, em mercados locais,
Na minha opinião essa mesma prática de Agricultura poderá ser perigosa devido ao uso em grande escala dos pesticidas já que nas hortas que eu conhecia utilizava-se e abusava-se do 605 forte levando à morte muitas pessoas e sendo muito prejudicial ao Ambiente já que é um Organofosforados com à falta de controlo o sobre a comercialização deste tipo de produtos altamente tóxicos, legais e ilegais, é uma das mais sérias ameaças à conservação da Biodiversidade em Portugal.

A nivel de transportes existia a carreira do eléctrico número 13, que fazia a ligação de Carnide ao resto de Lisboa , a primeira rede de electricos na nossa cidade inicia-se com a electrificação do troço entre o Cais do Sodré e Algés e termina com a inauguração do ramal de Carnide

Continua.........


Sem comentários: