quinta-feira, 11 de março de 2010

ALIZIA NO PAÍS DAS MATRAPILHAS

Capítulo 1

Para baixo na toca do coelho


     Alizia estava começando a ficar muito cansada de estar sentada ao lado de sua irmã na carruagem do metro e começava a estar farta de tanto jogar no telemóvel, olhava para um e para outra pessoa que entrava na carruagem do Metro e por não ter mais nada para fazer: de quando em  vez dava uma olhadinha no livro que a irmã lia, mas como não havia figuras ou diálogos mirava pelo canto do olho o jornal o Metro que falava do Empate do seu Benfica ontem contra o Marselha.
Pensamento de Alizia” Toscos a ganharem por 1 a 0 foram logo empatar se eu estivesse lá não era nada disso? Isso é que não era ””
Mas logo de repente pergunta  à sua irmã?
Para que serve um livro? sem figuras nem diálogos?”
A irmã não lhe responde.
     Então, ela pensa  como é possível a carruagem estar tão quente que a deixava sonolenta e estúpida até quase pensava ouvir o Coelho dizer para si mesmo “Oh puxa! Oh puxa! Eu devo estar muito atrasado!”
Alizia começou logo a falar sozinha?
-Tenho que deixar de tomar aqueles comprimidos?
-Desde que os tomo parece que tenho alucinações?
-Mais um pouco e sou quase como o Vidrinhos Aquoso que quando anda drogado pensa que é um pavão?
A Irmã de Alizia interrompendo o seu monologo!
-Desculpa? Falas-te comigo?
-Não!Responde Alizia.
Foi  um pensamento barulhento que deves ter ouvido!
A Irmã de Alizia olha Alizia nos olhos e responde .
-Ès mesmo maluca o raio da miúda!
Alizia amuada vira a cabeça para o lado e começa a pensar ....“Oh puxa! Oh puxa! Eu devo estar muito atrasado!”

Trabalho, trabalho, trabalho, Benfica com azar, mais trabalho... dia estranho...... continua @BomNorte2010

Sem comentários: