quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Sempre só e pobre.

Sem comentários: