domingo, 16 de janeiro de 2011

A partida

1 comentário:

Adelina disse...

A mesa ficou só,o poeta afastou-se dissipou-se no nevoeiro,de onde voltará mais forte e mais inspirado(acredito).