domingo, 27 de fevereiro de 2011

Calceteiro de Lisboa

1 comentário:

Adelina disse...

Sabe que dificilmente terá o que procura? e nem sempre ouve a verdade!
Dói tanto crescer e perceber que o chão empedrado não o foi para nos tornar o caminho mais macio,e que há pedras que ficam salientes quase propositadamente para nos provocar"quedas".