sexta-feira, 20 de maio de 2011

A noite tornou-se sua cúmplice

1 comentário:

gaivota errante disse...

E acaso não se vive em negação constantemente???Negação da bebida,negação da vida dos sentimentos reais,sei lá são negações e mais negações as que a vida nos obriga(ou será o comodismo?).