sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Transição 100 dioptrias por Bom Norte

Transição 100 dioptrias
A mudança vista através um olhar límpido e sem reflexos.
Visão captada por quem revela uma constante criatividade.
Sinto até que sou capaz de fazer sucesso. Por isso inovo.
Inovar e transformar sem parar. O Empreendedorismo será sempre a minha arma.
A satisfação económica é resultado de um objectivo alcançado. As formigas exigem trabalhar em um formigueiro solidamente defendido.
Por vezes a gestão controlada mostra-me todos os lugares disponíveis onde possa estacionar.
Estaciono mas não paro. Parar está fora dos meus objectivos.
Mas por vezes sinto que sou vencido pela tecnologia. Que perca de tempo!
As pessoas avançam rapidamente. E acompanhar os últimos está fora dos meus planos.
Não quero ficar a aguardar pelo disparo lento da objectiva. Quero ser mais rápido que o magnésio de um flash.
Fash que dispara vezes sem conta a luminosidade do meu sucesso.
Odeio avançar em retrocesso!
Serei sempre o guardião mais sábio. Mas estou receptivo a conselhos.
Sou até talvez o veterano a quem os caloiros veneram.
F-R-A! - Frá! - FRE! -Fré!
Este é o papel do empreendedor! Velho finalista que não se deixa desgastar por um fim que o vai empurrar para o inicio.
A Tuna nunca perde a ligação à sua Universidade. E as placas metálicas devidamente espalhadas pelo local promovem o evento. Projectando o seu conhecimento em todas as direcções.
O Grito anuncia boas novas novamente ao mundo.

Sem comentários: